sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Negócio de sucesso - Chiclets

Parabéns Chiclets. A mais antiga marca de pastilhas elásticas portuguesas comemora 80 anos. Para celebrar, acabam de ser lançados dois novos sabores: morango e ‘peppermint’ – que se juntam aos já existentes, canela e ‘spearmint’. E a imagem foi renovada com um novo colorido.  

O hábito de mascar, ancestralmente extractos de plantas, frutos e raízes, remonta aos anos antes de Cristo. Mas foi com o nova-iorquino Thomas Adams, que no século XIX surgiu a pastilha elástica. 

Por cá, só no início do século XX se descobria o negócio da pastilha.


in.foradeserieeconomico

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Caminhar para um sim - Linguagem corporal nas vendas


Num estudo realizado pela UCLA (Universidade da Califórnia em Los Angeles) num universo de 10 000 pessoas, perguntou-se a cada indivíduo quais as impressões iniciais que tiveram de um vendedor ou persuasor que conseguiu convencê-los ou vender-lhes alguma coisa. 

7% disseram que a pessoa conhece bem o assunto, produto ou serviço; 

38% responderam que a pessoa tinha uma voz agradável – transmitia confiança e inteligência;

55% afirmaram que a própria forma de caminhar da pessoa ao aproximar-se transmitia segurança e autoconfiança. 

Se tem dúvidas acerca do poder de uma linguagem corporal positiva, pense duas vezes.


quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Marketing Marathon - Para Profissionais e Estudantes de Marketing e Comunicação

5 dias dedicados ao tema mais quente da actualidade do marketing: “Content Marketing” Em cada dia são abordados temas estruturantes para a área de conteúdos das marcas: Brand Activation, Digital Storytelling, Image, Point-of-Sale e Video. 

A Marketing Marathon, é desenvolvida para ir ao encontro de todos os Profissionais e Estudantes de Marketing e Comunicação que desejam aprender e desenvolver as suas competências nas áreas de “content marketing” relacionadas com: Brand Activation / Digital Storytelling / Point-of-Sale / Image / Video.

Inscrições: appm marathon porto 2014

Veja como foi em 2013
 

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Saber Vender - Use apenas termos técnicos

Nos dias de hoje, mais do que nunca, o seu vocabulário de vendas é importante devido ao fenómeno da linguagem especializada ou gíria profissional. A gíria é um conjunto de palavras e expressões específicas de um determinado domínio de actividade. Se vender medicamentos a pessoal médico, precisa de conhecer os termos técnicos usados pelos profissionais de saúde e usá-los frequentemente. Mas se vender medicamentos ao público em geral, limite o uso de termos técnicos ao mínimo, até conseguir determinar os conhecimentos dos seus clientes. O objectivo não é afugentar os clientes pela utilização de siglas ou palavras que não conhecem.

Lembrar sempre:
O objectivo é fazer os seus clientes sentirem-se importantes e é difícil isso acontecer se fizer com que se sintam ignorantes.

Se o seu produto ou serviço estiver relacionado com a internet, é especialmente importante saber quando usar a gíria, ou quando deixá-la de lado. Embora possa ser levado a pensar que actualmente, todas as pessoas estão familiarizadas com a Internet, é sempre mais seguro optar pelo menor denominador comum. Desta forma não se confunde com termos ou siglas específicos desta área.

Se estiver a falar com um potencial cliente em termos técnicos e ele não o entender, a mente dele deter-se-á nessas palavras e tentará em vão encontrar uma imagem das mesmas. A maior parte dos potenciais clientes não lhe irá pedir para lhe explicar melhor, por receio de mostrar falta de conhecimentos e acabar por se sentir embaraçado. Outros podem captar a ideia principal, mas não irão conseguir acompanhar o raciocínio..

Por outras palavras, lá se foi o cliente...

Normalmente estes potenciais clientes, são recuperados por um vendedor que usa termos comuns e definições simples.

Os vendedores com mais sucesso, dão-se ao trabalho de descobrir como falar a linguagem dos seus potenciais clientes e são recompensados com sucessos nas vendas.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

O que não sabe pode destruir as suas hipóteses de sucesso

Obviamente que é impossivel saber tudo sobre qualquer tema e quando pensa que sabe tudo, está apenas a preparar-se para uma tremenda decepção. Há muito que se sabe que um indicador de um bom profissional é o quanto ele pode aprender depois de supostamente saber tudo sobre a sua profissão. O inimigo de aprender é saber. Admitir que ainda existe muito a descobrir é o primeiro passo para atingir qualquer objectivo.

Quando observar os melhores vendedores em acção, nem imagina a quantidade de tempo que eles já investiram e continuam a investir na sua preparação. Esse tempo é essencial. Quando um bom profissional faz com que as vendas pareçam naturais, pode apostar que passou e passa horas e horas a planear, aprender, aprofundar e a se preparar para esses minutos que fala com os potenciais clientes pessoalmente.

Um sinal seu positivo é que acredita que pode melhorar o seu desempenho e eu sei disso, porque se assim não fosse não estava a ler este artigo. Mas ler, não chega, deve praticar e passar a acção.

O conhecer é poder, lembre-se sempre. Por exemplo:
A amazon.com não vende apenas produtos. Oferece-lhe a oportunidade de criar uma lista de produtos desejados que lhe interessa comprar ou receber como oferta. O que faz a Amazon com essa lista?
Usa os produtos que vão sendo adicionados, as compras que faz e as consultas efectuadas para descobrir os seus interesses. Se a Amazon lançar um novo livro indicado para alguém com esses interesses, vai o incluir na página inicial personalizada, para que esse livro seja a primeira coisa que vai ver assim que visitar o site.

Adaptam as suas ofertas aos interesses e necessidades de cada cliente. É o próprio cliente que "diz" à Amazon aquilo que provavelmente irá comprar.

Dai a importância de voce também ter um registo dos interesses e necessidades dos seus clientes, não sabe mas vai aprender. O que voce não sabe é uma oportunidade.

domingo, 26 de janeiro de 2014

Técnicas de Vendas - Cábula de bolso

Em vendas nem sempre nos lembramos do mais básico, para colmatar potenciais esquecimentos ou apenas para fazer um refresh, fica uma cábula para andar sempre consigo no seu bolso.

Classificação dos potenciais clientes
No primeiro encontro com potenciais clientes, é preciso classificá-los, para determinar se o produto ou serviço que vende é adequado às suas necessidades.Para que tenha sempre presente que os clientes estão sempre em primeiro lugar, decore:

1 - Qual o produto ou serviço que o potencial cliente tem actualmente?
2 - Quais as caracteristicas únicas desse produto ou serviço?
3 - O que eliminaria ou alterava no produto ou serviço que tem?
4 - Quem é o responsável pela decisão final?
5 - Como pode ajudar o potencial cliente a conseguir o seu objectivo?

Primeiro encontro com potenciais clientes
No primeiro encontro com potenciais clientes ou com qualquer outra pessoa o seu objectivo é tentar criar empatia para que confiem em si. Não é muito dificil e sem segredos se desvanda. Siga estas etapas na devida ordem:

1 - Sorria abertamente
2 - Olhe a pessoa nos olhos
3 - Cumprimente-a
4 - Identifique-se
5 - Perguntelhe o nome

Nota muito importante:
As relações de longo prazo começam nos primeiros dez segundos de contacto.

Palavras a evitar
Palavra a evitar e de prefência nunca as utilizar. As palavras à esquerda possuiem conotação nehativa para a maioria das pessoas, pelo que devem ser substituidas por as palavras à direita que transmitem uma conotação positiva.

Em vez de:
Comissão - use - Taxa de serviço
Custo ou preço - use - Total ou quantia investida
Prestação mensal - use - Investimento mensal
Contrato - use - Acordo
Comprar - use - Adquirir
Vender - use - Ajudar na aquisição ou auxiliar na escolha
Assinar - use - Formalizar, endossar, aprovar ou autorizar

Obter novos contactos a partir dos actuais
A última etapa no processo da venda é conseguir que os potenciais clientes (independentemente se fecharam a venda consigo ou não) lhe indiquem outras pessoas que possam estar interessadas no seu produto ou serviço.

Eis o que deve fazer:
1 - Ajude o potencial ou já novo cliente a lembrar-se de pessoas que conhece e que provavelmente encontrará num futuro próximo.
2 - Escreva os nomes sugeridos.
3 - Coloque questões que permitam uma classificação de forma a poder determinar se as pessoas referidas terão realmente interesse no seu produto ou serviço.
4 - Peça o endereço dessas pessoas.
5 - Se o cliente não souber os endereços (muito provável acontecer)  recorra à lista telefónica.
6 - Peça ao cliente que ligue a marcar uma entrevista (muito bom, mas é dificil de acontecer).
7 - O cliente recusa ou hesita em ligar directamente para os contactos que deu, pergunte-lhe se pode usar o nome dele quando ligar para esses contactos.

Não perca a continuação deste e de outros artigos. Para quem é amigo na página do facebook do blog mktvendas, o apoio e mesmo elaboração de alguns trabalhos é gratuito.

Artigos relacionados:
8 Dicas para ter chamadas de vendas produtivas
Técnicas de Vendas - Fecho da Venda
Como aumentar as minhas vendas com as redes sociais?
Prospecção de clientes - Como se faz


terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Planeamento estratégico - Estabelecimento de objectivos

O planeamento estratégico tem uma relação directa e estreita com o estabelecimento de objectivos estratégicos.

Estes objectivos visam reforçar as competências centrais da empresa nos factores críticos de sucesso dos negócios, convertem a visão e a missão em alvos de desempenho específicos e respeitam os valores organizacionais.

A principal razão para se definir um objectivo é o que ele fará de si, para o conseguir atingir. O que fará de si é muito mais valioso do que o valor do objectivo. Por isso os objectivos são tão poderosos.

Definir os nossos objectivos dá-nos a possibilidade de planear as acções que necessitamos para alcançar tudo o que queremos na vida.

Desenvolver Metas S.M.A.R.T.
Objectivos S.M.A.R.T. significam Specific (específicos), Measurable (mensuráveis), Attainable (atingíveis), Realistic (realistas), e Time (temporizáveis).

Específico: 
Não seja vago. Defina em pormenor, como quem pinta um quadro ou tira uma fotografia.

Mensurável: 
Quantifique o seu objectivo. Como vai saber se o atingiu ou não?

Atingível: 
Seja honesto consigo sobre o que nesta fase da sua vida acredita que vai conseguir, tendo em conta as suas actuais responsabilidades.

Realista: 
É bom que seja exequível e real.

Temporizáveis: 
Indique um intervalo de tempo para cada objectivo. Quando o vai atingir?

Dúvidas, ajuda ou outros: mktvendas.blogspot@gmail.com

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Marketeer estreia hoje programa na RTP

A revista Marketeer vai estrear um formato de televisão de um minuto esta segunda-feira na RTP (RTP1, RTP Informação, RTP África e RTP Internacional).

 O programa Marketing num Minuto by Marketeer está garantido por três meses, contando com o patrocínio da Central de Cervejas, EDP, Vodafone e Jaba Recordati. De segunda a quinta-feira o espaço será preenchido com notícias, aproveitando conteúdos da revista e do site. À sexta será a vez de ir para o ar uma entrevista com um profissional do sector, com a duração também de um minuto. “Esta entrevista poderá, ou não, ser depois desenvolvida na revista”, acrescenta Maria João Vieira Pinto. Na RTP1o programa irá para o ar depois das 24h, na RTP Informação na faixa das 20h, na RTP Internacional entre as 19h e 20h e RTP África entre as 19h e as 22h.

A directora da revista e a jornalista Maria João Lima serão as vozes off do Marketing num Minuto by Marketeer. A produção está a cargo da Sonomage. A imagem do programa é da responsabilidade da Ivity.

in.meiosepublicidade e marketeer

domingo, 19 de janeiro de 2014

Cheira a chocolate no metro? É a L’Oreal

Numa campanha concebida pela McCann com planeamento da Optimedia, a L’Oreal lança segunda-feira dia 20 de Janeiro uma acção de marketing aromático em três estações do Metro de Lisboa.

O objectivo é promover a nova colecção de cor de Excellence, da L’Oréal Paris através de uma acção que mistura os tradicionais mupis com um aroma a chocolate alusivo à nova colecção chocolate parisiense.

O espaço é comercializado pela MOP.

in. meiosepublicidade.pt

 1 - Artigos relacionados: Sara Oliveira é a nova diretora de Marca e Comunicação da Vodafone
 2 - Oliveira da Serra lança azeite em spray
 3 - eBook para oferta - Glossário de Marketing - Fundamental a todos

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Redes sociais para empresas - O inicio

A importância de colocar conteúdos originais, de interesse e adaptados ao local de publicação e sempre de forma regular é fundamental para qualquer empresa.

Conteúdo original:
Para fazer copy-paste de artigos que já correram por toda a internet, existem por exemplo os facebooks, twitters, etc. pessoais. Não caia na tentação de usar estes meios de comunicação como utiliza o seu facebook, twitter, etc. pessoal. Seja criativo e original e publique conteúdo original e interessante. Seja inovador e esteja na frente, não seja mais um dos milhares de copy-pasters existentes na web (e fora dela).

Publicações regulares:
Não utilize o facebook como o twitter e vice-versa. Não coloque 1 post no facebook de 10 em 10 minutos, para isso tem o twitter, por exemplo. Claro que não utilize o twitter para colocar um twitte de semana a semana, por exemplo.

É fundamental que antes de iniciar a sua presença online que tenha estas básicas preocupações (existem muitas outras):

Como vou produzir conteúdo original e de forma regular...

Que tipo de comunicação vou fazer (tipo de linguagem mais formal/menos formal) vou utilizar...

NÃO VOU utilizar o blog, facebook, twitter, etc. apenas para publicitar os meus produtos (ao fim de uns dias, ninguém vai ter interesse em ver apenas publicações de produtos e/ou serviços)...

VOU ESTAR SEMPRE disponível para responder, interagir, informar, ajudar qualquer solicitação e serei sempre o mais breve possível nestas acções...

Nunca vou eliminar ninguém, goste ou não goste do que comentou, publicou, etc...

Estar "ligado 24 horas por dia" ou ter alguém que saiba e que gere todas as plataformas online...

Estes são os mais básicos conselhos para quem se inicia, claro que existem regras e procedimentos fundamentais para ter sucesso e alcançar as metas a que se propõe, mas já irá depender muito do negócio e dos objectivos do mesmo.

Como exemplo próprio:
A gerir um facebook profissional obtive uma taxa de acréscimo mensal de fãns de 38% sem qualquer investimento em publicidade. Cresceu 75% nas "pessoas que falam sobre o facebook dessa empresa" e 147% nas partilhas de posts.

No facebook deste blog (como é muito especifico "blog privado sem fim lucrativo que publico artigos originais com base nas experiências profissionais e que realmente aconteceram, sem extrapolar, florear ou com base em testemunhos de terceiros) sem qualquer publicidade ou pedidos directos, apenas pelo passa a palavra, consegui já estar entre os mais visitados (nos que são passíveis de ser comparados).

RECORDAR SEMPRE que para ter uma presença apática na internet é a imagem que irá transmitir aos seus clientes, POTENCIAIS clientes, etc...

Para quem quiser colocar ou reestruturar a sua imagem profissional, não hesite em me contactar, estarei sempre ao seu dispor seja pelo blog, pelo facebook, pelo twitter, Google+, Linkedin, por email ou mesmo por telefone.

Em breve já colocarei mais formas de contacto ;)