quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Web Marketing - Como e o que fazer

Todos sabemos que O conteúdo é Rei para o Google, certo?

Se antes o trabalho desenvolvido muitas vezes era feito a pensar nos prémios, ou no que a administração da sua empresa iria gostar, ou mesmo apenas com base no nosso próprio gosto, agora, mudou...muito.

E, ainda bem, claro. As boas práticas são recompensadas com mais vendas, melhor fidelização e claro, consequentemente, mais proveitos.

Mas vamos lá então saber o que fazer.


As novas (para quem anda mais desatento) regras do marketing na era da Internet 

  • O marketing é mais do que simples publicidade. 
  • As pessoas querem autenticidade e não abordagens fabricadas. 
  • Somos o que publicamos. 
  • As pessoas querem participar e não propaganda. 
  • O Marketing consiste em disponibilizar conteúdos, no preciso momento em que o público necessita deles, e não em originar uma interrupção de sentido único. 
  • Os agentes de marketing têm de mudar a sua forma de pensar, passando do marketing convencional dirigido às massas, para uma estratégia que se destine a chegar a um grande número de públicos servidos de forma insuficiente através da Internet. 
  • Os aspectos mais importante, ao nível das relações públicas, não consiste em fazer com que o seu supervisor veja a sua empresa na televisão. O aspecto mais importante é fazer com que os seus compradores vejam a sua empresa na internet. 
  • O objectivo do marketing não é fazer com que a sua agência ganhe prémios, mas sim fazer com que a sua organização conquiste clientes. 
  • A internet fez com que as relações públicas passassem a estar de novo no topo da agenda, depois de anos de enfoque quase exclusivo nos meios de comunicação tradicionais. 
  • As empresas devem direcionar os utilizadores para o processo de compra, através de bons conteúdos online e chamadas à acção. 
  • Os blogues, os vídeos, os podcasts, os livros electrónicos, as notas informativas e outras formas de conteúdos online permitem que as organizações comuniquem directamente com os compradores através de formas do seu agrado. 
  • Na internet, a divisão entre marketing e relações públicas esbateu-se. 

Se gostou, também pode gostar:

Quando a perda de um cliente se torna em lucro - http://mktvendas.blogspot.pt/2014/12/quando-perda-de-um-ciente-se-torna-em.html
Diga não à negociação, venda de imediato - http://mktvendas.blogspot.pt/2014/11/aprender-vender-diga-nao-negociacao.html

Créditos: http://www.webinknow.com/

Aprender Mobile marketing - Parte 2

Antes de ler a segunda parte do artigo, deve ler a primeira, se não o fez, pode ler aqui

Já tinha lido o artigo ou acabou de ler? Então vamos lá explicar mais um pouco sobre o assunto, desta feita, vamos falar sobre Smart SMS (sms inteligentes).

O que posso fazer com as Smart SMS? 
Saiba o que os clientes pensam de si É só enviar-lhes uma Smart SMS com um questionário de satisfação. E que tal aproveitar para lhes pedir para actualizar o perfil de cliente? É fácil e até lhes pode oferecer automaticamente um voucher pela participação. 

Anuncie o seu produto em grande estilo 
Uma SMS normal é só texto. Com uma Smart SMS, pode mostrar toda a beleza do seu produto aos clientes com as imagens e *landing pages que quiser. E fica logo a saber quem ficou interessado! 

SMS com QR code 
Que tal enviar para o telemóvel dos seus clientes um QR code ou código de barras para validar um desconto ou bilhete? Com uma SMS normal, nem pensar. Mas com uma Smart SMS é fácil. O cliente recebe o código no smartphone, mostra ao balcão e valida. Simples e eficaz.

SMS virais 
Quem receber a sua Smart SMS pode partilhá-la facilmente com os amigos no Facebook, Twitter e outras redes sociais logo a partir do smartphone. A mensagem pode ter imagens, animações, vídeos ou até ficheiros PDF. Ideal para campanhas passa-palavra.

Uma aplicação recomendada

*Landing page é a página de destino ou página de entrada, é a página por onde o potencial cliente chega a um site, quando um potencial cliente clica num resultado de busca, num banner ou nos links patrocinados, são direccionados para as landing pages. 

A Landing page é otimizada estrategicamente para vender um produto ou serviço, o conteúdo é em forma de funil, que direciona o potencial cliente a página final, onde se pode então proceder à compra ou subcrever, etc.

Também pode gostar 
Aprender a vender - A emoção e o sentido das coisas
A emoção e o sentido das coisas - Parte II
Vídeo - Como decide o consumidor?

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Programa de Gestão em Marketing Digital

A evolução e introdução de novas tecnologias está rapidamente a transformar a forma como comunicamos e efetuamos negócios. Estas novas ferramentas impõem uma mudança no paradigma de marketing. Os consumidores estão cada vez mais habilitados e mais informados através de novos canais de média e de redes sociais. Adicionalmente têm um papel interventivo no que é comunicado sobre a sua empresa, marcas ou produtos.
Assim, é imperativo que as empresas reavaliem os seus modelos de negócio, por forma a manterem-se na linha da frente no que respeita à competitividade e simultaneamente ir ao encontro das necessidades dos clientes e outros stakeholders. Este programa centra-se na gestão estratégica do marketing digital e na sua integração com a comunicação nos seus modelos tradicionais, fazendo a ponte entre o conhecimento e as melhores práticas no mercado.
Através de estudos de caso, sessões interativas e trabalhos de grupo, os participantes irão ter contacto com tópicos tão diferentes como diferenciadores: social media marketing, search engine optimization, blogs, técnicas de realidade aumentada, medição e monitorização do ROI e integração multicanal.
Principais Benefícios:

  • Apreender todos os aspectos do marketing de internet e marketing de média social;
  • Conhecer as oportunidades do mercado e os riscos/potenciais digitais;
  • Avaliar o poder das redes sociais e dos seus diversos impulsionadores;
  • Projetar e medir as campanhas de marketing social e viral;
  • Integrar estratégias de marketing online e offline;
  • Maximizar a rentabilidade da empresa através de ferramentas digitais de preços e estratégias;
  • Desenvolver meios para alavancar tecnologias para criar soluções de realidade aumentada;
  • Explorar novas tecnologias para criar novos mercados.

A 6º Edição do curso terá já início já no próximo dia 1 de Outubro de 2015